Amidalite ou dor de garganta

Muito mais comum do que parece, a amidalite atinge parcela considerável da população e vai bem além de uma mera “dor de garganta”, como também é conhecida. As amídalas, do grego amygdalé, que significa amêndoa, são estruturas arredondadas formadas por tecido esponjoso linfóide, em forma de “amêndoas”, daí o nome, que ficam localizadas naos dois lados da garganta.

As amídalas atuam como filtros na entrada das vias respiratórias, com o propósito de evitar o surgimento e desenvolvimento de processos infecciosos na garganta, boca e seios da face, dessa forma evitando que estas infecções alastrem-se pelo corpo. Por serem estruturas sensíveis e constantemente expostas, por serem “filtros”, são muito suscetíveis a inflamação, que é chamada amidalite.

Normalmente provocada por vírus, também pode ser causada por bactérias, que correspondem a 15% dos casos de amidalite. As de origem viral costumam desaparecer naturalmente, mas a bacteriana requer mais cuidado e deve ser tratada com antibióticos, com prescrição médica.

A amidalite bacteriana caracteriza-se pela formação de pontos brancos (pus) nas amídalas. Locais de aglomeramento de pessoas podem causar a transmissão da bactéria. O não tratamento adequado pode resultar em problemas de audição é febre reumática.

Em alguns casos é recomendada a extração das amídalas, mas é uma decisão bastante criteriosa e não deve ser desconsiderada uma segunda opinião médica, pois em diversos casos após a extração das amídalas os pacientes passaram a ter faringite.

Uma boa alimentação e hábitos saudáveis auxiliam a manter a imunidade do organismo, podendo-se eveitar assim o surgimento da amidalite.

Artigos Similares:

 avatar

Author: Paddy

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>