Como perder gordura localizada

As mulheres são as que mais sofrem com gordura localizada, aquelas gordurinhas indesejáveis que geralmente vão se acumulando no abdômen, no culote e no bumbum, que se instalam ali por fatores genéticos, por dietas desiquilibradas ou ambos.

E como perder a gordura localizada, existem algum método fácil e rápido? Sem dúvida tudo tem um preço, principalmente no que diz respeito a dieta e exercícios físicos.

                              Engana-se quem pensa que  exercitando apenas uma parte do corpo é suficiente para queimar gordura localizada, ao exercitar apenas uma parte você estará reforçando a estrutura óssea e a musculação daquela região e nada de queimar gordura. É mito achar que fazer apenas exercícios para a gordura localizada seja o suficiente para perdé-la, não entre nessa, você só perderá tempo, desanimando muitas vezes por não atingir o resultado desejado. Uma dieta rica e com pouca gordura, além da prática de exercícios físicos, ajudarão no processo de emagrecimento.

Dicas para diminuir a barriga (gordura localizada)

– Se você estiver acima do peso, primeiramente começe com uma alimentação equilibrada, para perder peso e consequentemente a gordura localizada,

– As magras também não estão livres de ter uma barriguinha, se for o caso, devem manter uma alimentação saudável, evitando frituras, gorduras, doces e refrigerantes, dando preferência a carnes magras, coma verduras, legumes e frutas;

– Se o intestino anda devagar, aumente a ingestão de fibras e água;

– prátique atividade física, além de queimar calórias, refletem em um bom funcionamento do organismo. Pratique com frequência, associando exercícios aeróbicos (para ativar a circulação e gastar calorias);

– Fracione bem a dieta, o ideal é fazer refeições pouco volumosas e de baixo valor calórico, 6 vezes ao dia;

– Mastigue devagar, comer rápido a pessoa pode acabar engolindo ar junto com a comida, além de prejudicar a digestão, o cerébro não registra o sinal de saciedade com tanta rapidez, e você acaba comendo mais;

– Evite alimentos formadores de gases, feijão, pão, fritura, refrigerantes, pão, queijo, presunto, embutidos como linguiça, salame e salsinha;

– Evite alimentos gordurosos;

– E o consumo excessivo de sal;

– Aumente o consumo de alimentos diuréticos e beba muita água.

Observação: Atenção com o leite, se tiver gases, experimente tirá-lo da dieta, algumas pessoas têm intolerância a lactose. Atenção também com alguns adoçantes,  alguns são a base de sorbitol que fermenta no organismo provocando gases. Algumas frutas secas como: uva passa, damasco, banana e ameixa seca, possuem em sua composição sorbitol.

Artigos Similares:

rosana.vieira@hotmail.com'

Author: Rosana

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *