Glória Kalil Preparou 10 Dicas De Etiqueta Que Um Chic Não Faz No Trânsito

O estresse no trânsito realmente é grande, mas não justifica a falta de respeito com os demais. Pensando nisso a Consultora de moda Glória Kalil, elaborou dez dicas de etiqueta que um chique não faz no trânsito, isso mesmo, ser chic até no trânsito.

Algumas dicas na verdade, é uma questão mais de educação do que ser chic, mas que infelizmente a grande maioria parece esquecer, cometendo várias faltas diariamente com o trânsito e também com o meio ambiente.

Dez dicas de etiqueta no trânsito por Glória Kalil

Vamos lá anotar:

1. Jogar papel, palito de sorvete, ponta de cigarro… Ou qualquer lixo pela janela do veículo. Tenham a santa paciência! – a gente não devia nem comentar este item;

2. Xingar o motorista do carro vizinho. Contem até mil, mas não cedam a essa tentação. Tem coisa pior do que emparelhar com o xingado próximo do sinal?

3. Usar a buzina à toa. Calcar a mão, na porta do prédio, só para avisar que chegou, é muita folga. Mais chato ainda se a buzina tiver sons exóticos como berrantes de boi, cacarejar de galinha ou som de “O calhambeque”;

4. Travar as passagens das ruas só para não perder um sinal amarelo;

5. Fazer da mala do carro uma boate com caixas de som apropriadas para um estádio, e impor suas músicas ao bairro ou à praia inteira;

6. Dar uma de esperto ultrapassando pela esquerda os carros que estão na fila e, depois, querer que os outros ainda o deixem voltar como se nada tivesse acontecido;

7. Cobrir o vidro do carro de adesivos, cachorrinhos, palhaços, frases engraçadinhas;

8. Cutucar o nariz ou espremer cravos no engarrafamento;

9. Conduzir sem camisa ou de regatas em cidades sem praias por perto;

10. Achar que é um direito de toda a mãe fazer fila dupla ou tripla na porta dos colégios na hora de buscar os filhinhos.

E homens, por favor, mordam a língua, mas não chamem mulher de Dona Maria. Não tem nada pior!

Glória Kalil

Artigos Similares:

rosana.vieira@hotmail.com'

Author: Rosana

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *