Matryoshkas – Bonecas Russas

Matryoshkas são as bonecas de madeira oca de tamanhos decrescentes colocadas uma dentro da outra, o objetivo ao desmontar começando pela maior é encontrar uma outra menor que também contém outra menor, e assim por diante até encontrar a menor de todas que seria o bebê que não abre.

O nome “Matryoshka” é proveniente do nome real feminino russo “Matryona”, que era um nome muito popular entre camponeses na Rússia antiga. Dizem também, que o nome “Matryona” possui a raiz latina, “mater”, que significa “Mãe”. Portanto, para muita gente esta boneca simboliza maternidade e fertilidade. O desenho mais tradicional da Matryoshka, leva a imagem da mulher, mas existem outros tipos de desenhos temas como: Coleções de animais, retratos e caricatura de políticos famosos, músicos e estrelas populares de filme russo.

O formato típico das matryoshkas ou bonecas russas como são conhecidas, é cilíndrico com topo redondo, onde desenham a cabeça, as bonecas não possuem mãos que são apenas desenhadas no formato da peça. O número de peças no conjunto das bonecas russas podem variar de três a dezenas, mas os conjuntos de cinco ou de sete são os mais comuns.

Considera-se que as Matryoshkas ou bonecas russas surgiram no século XIX, o primeiro torneiro que criou a forma foi um homem com sobrenome Zvezdochkin, e quem desenhou o rosto e os trajes foi Sergei Maliutin, pintor de uma oficina de artesanatos no povoado de Abramtsevo, que pertencia a um famoso industrial russo chamado Savva Mamontov. As bonecas russas ficaram conhecidas em 1900, quando a esposa de Savva Mamontov levou as bonecas para serem apresentadas na Exibição Mundial em Paris, o brinquedo ganhou uma medalha de bronze. Logo, muitos outros lugares na Rússia começaram confeccionar  as Matryoshkas.


Artigos Similares:

 avatar

Author: Rosana

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>