Pontos Turísticos No Rio De Janeiro – Cristo Redentor

Quando pensamos no Rio de Janeiro, a primeira coisa que nos vem a mente sem dúvida é a estátua do Cristo Redentor, um dos principais cartões postais do Brasil e proporciona uma vista panorâmica da cidade do Rio de Janeiro. O Cristo Redentor foi fundado em 1931. Possui 38 metros de altura e pesa 1.145 toneladas, está localizado no morro do Corcovado, que possui mais 710 metros de altura, possibilitando a vista de uma bela e incrível paisagem.
A ida até a estátua já é um passeio: o visitante deve pegar um trem na estação Cosme Velho até o Corcovado, passando por uma floresta cuja paisagem é deslumbrante; depois, para chegar ao Cristo Redentor, ele pode pegar o Bondinho ou elevadores panorâmicos, outro passeio que garante uma vista maravilhosa. No dia 07/07 de 2007 o Cristo Redentor no Corcovado foi eleito maravilha do mundo.

Mas você sabia que por detras dessa beleza de escultura corre uma disputa na justiça por direitos de imagem da estátua? Há três grupos proclamando-se os donos da imagem do Cristo Redentor: A família do escultor Paul Maximilian Landowski, A prefeitura do Rio de Janeiro e a Arquidiocese do Rio de Janeiro. A familia do escultor move ações em diversos tribunais, querendo receber direitos autorais sobre qualquer uso da imagem do Cristo Redentor, incluindo publicidade, postais, pôsteres, livros e outros souvenires. A prefeitura do Rio e a Arquidiocese não chegam a ir tão longe, mas disputam o direito de administrar a estátua. A arquidiocese tem o argumento que recebeu a estátua de presente da União, em 1934, enquanto a prefeitura acredita tratar-se de um símbolo da cidade, sendo patrimônio histórico do Rio de Janeiro.


Artigos Similares:

 avatar

Author: Rosana

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>