Expressões populares ditas erradas – 2a parte
jun04

Expressões populares ditas erradas – 2a parte

Bem, vamos dar sequência a essa “análise” de expressões populares ditas de forma incorreta: 4. “Que cor é essa? Cor de burro quando foge” – Nomes para novas cores surgem o tempo todo, mas definitivamente “burro quando foge” não é um nome de uma cor, a expressão correta é “Corro de burro quando foge”; 5. “Quem tem boca vai à Roma” – Parece lógico que referia-se a possibilidade de ir longe que tiver desenvoltura para perguntar”, mas a expressão correta é “Quem tem boca vaia Roma”, do verbo vaiar, talvez devido as famigeradas cruzadas; 6. “Tão parecido com o irmão que é cuspido e escarrado” – Utilizado para indicar uma semelhança muito grande entre duas “coisas”, nojenta expressão, mas o correto é “Esculpido em Carrara”, sendo Carrara um tipo de mármore; 7. “Quem não tem cão, caça com gato” – outra expressão com sentido aparentemente lógico, indicando que cada um caça como pode, mas a real expressão é “Quem não tem cão, caça como gato”. Interessante e divertido, agora cuidado para não continuar errando!...

Read More
Expressões populares ditas erradas
jun04

Expressões populares ditas erradas

O Brasil é um país riquíssimo em expressões populares, sendo criadas novas todos os dias, mas a exemplo do que ocorre com aquela brincadeira do “telefone sem fio”, em que uma pessoa vai dizendo bem rápido uma palavra ou frase para a pessoa do lado até terminar uma fila e a última pessoa diz algo completamente diferente da palavra ou frase inicial. Muitas expressões populares acabam por serem alteradas pelo passar de uma pessoa para outra, sendo o aquele que ouve não escuta muito bem e repete para outro de forma errada, e por aí vai o erro, aumentando cada vez mais e criando as mais estranhas expressões. A seguir algumas dessas pérolas das expressões populares, que muito provavelmente você já tenha ouvido e nunca imaginou que estariam erradas. 1. “Hoje é domingo, pé de cachimbo” – Teria o cachimbo pé? Não, o correto é “hoje é domingo, pede cachimbo”; 2.  “Aquele menino não para quieto, está com bicho carpinteiro” – Existe algum bicho que é carpinteiro? Talvez o castor, mas nesse caso a expressão correta era “bicho no corpo inteiro” e não “bicho carpinteiro”; 3. “Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão” – A batata é um tubérculo que a raiz fica sob a terra e somente a rama sobre a terra, então o correto desta expressão é “Batatinha quando nasce, espalha rama pelo chão”; Essas são algumas, no próximo post mais algumas dessas pérolas....

Read More
Viagem A Macchu Picchu – Enorme Riqueza Cultural, Histórica e Natural
maio08

Viagem A Macchu Picchu – Enorme Riqueza Cultural, Histórica e Natural

Talvez a mais visitada rota na América do Sul, Macchu Picchu fica no sudoeste do Peru, fazendo parte do departamento de Cuzco, mas a 112Km a noroeste da cidade. São cerca de 3:30h em trem de Cuzco a Águas Calientes, daí mais 8Km até Machu Picchu. Machu Picchu significa montanha velha, em quechua. A cidade tem um imensurável valor arqueológico. Em 1983 o “Santuário histórico de Machu Picchu” foi declarado pela Unesco, Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade. Uma enorme riqueza cultural, histórica e natural dos povos andinos e dos peruanos. Diz a lenda que a capital do Império Inca, Cuzco, foi fundada por Manco Cápac y Mama Ocllo, filhos do deus Sol, que sairam do Lago Titicaca com a missão de buscar um lugar que fosse o centro de um grande reinado. Já sobre Machu Picchu, numa visão menos “lúdica”, há suposições de que tenha sido criada para conquistar a floresta ou proteger o império de quem viesse dela, isso no século XV e sua construção se atribui ao inca Pachacutec. Em 1911 (d.C) o professor americano Hiram Bingham descobriu a maravilha peruana.  Para chegar em Cuzco, na viagem tradicional não pode faltar o boliviano Trem da Morte. Para os brasileiros, partindo de Corumbá (MS), o viajante segue até Puerto Quijarro para tomar o trem para Santa Cruz de la Sierra. De lá pode partir para La Paz (maior cidade boliviana e capital administrativa do país) e pegar um avião para Lima (capital peruana) ou seguir rumo à Copacabana (ainda na Bolívia), na margem oriental do Lago Titicaca. Do outro lado está a peruana Puno de onde é possível seguir para Cuzco e Machu Picchu. Mais de 25.000 viajantes por ano escolhem chegar à cidadela pelos 43Km de trilha (Trilha Inca) na mais bela paisagem andina, em meio as montanhas e às construções desta civilização pré colombiana. A caminhada árdua começa na localidade de Qorihuayrachina, a altura do quilômetro 88 da ferrovia Cuzco – Quillabamba. São 3 ou 4 dias de caminhada.  O viajando pode optar por uma empresa de turismo que ofereça pacotes completos para a trilha ou a rota Cuzco – Machu Picchu. Se deseja organizar a viagem por conta própria, membros das comunidades Chillca e Wayllabamba cobram preços módicos para lhe ajudar a carregar os equipamentos. Importante lembrar que deve se levar um equipamento completo para camping, alimentos e água potável. Outra opção para quem quer conhecer não só Machu Picchu, mas todo o país de uma forma bastante altenativa é a Peru Expeditions, um caminhão 4X4 todo equipado para levar 14 aventureiros pelas paisagens mais inusitadas do Peru, um verdadeiro Safári pelo país. O preço é salgado, mas com certeza é...

Read More
Lugares Turísticos Na Argentina – Mejores Que No Te Puedes Perder
maio07

Lugares Turísticos Na Argentina – Mejores Que No Te Puedes Perder

A Argentina é o segundo maior país da América do Sul, a área continental da Argentina está entre a Cordilheira dos Andes a oeste e o Oceano Atlântico, a leste. Faz fronteira com Paraguai e Bolívia ao norte, Brasil e Uruguai, a nordeste e com o Chile a oeste e sul. A Argentina é uma das maiores economias da América do Sul, atualmente é um dos países da América Latina que oferece maior potencial para o turismo para os viajantes.   Argentina é um país que convida a desfrutar da natureza e a cultura do seu povo, suas atrações turísticas em ambientes naturais, cidades fascinantes e a tranquilidade do turismo rural. Devido à extensão longitudinal e latitudinal, a Argentina é composta de uma variedade de climas durante em todo o país.  Conheça alguns lugares turísticos na Argentina, mejores que no te puedes perder. Lugares turísticos na Argentina –  BUENOS AIRES:  É a capital da Argentina, forte influência europeia, cidade mais cosmopolita da América do Sul, fornece uma combinação de estilos com efeitos modernos imponente e dinâmica sobre o desejo do visitante para retornar. Destaca-se como o centro preferido para os turistas estrangeiros. La característica ” noche porteña” é uma surpresa para o recém-chegado com o grande número de atividades culturais, culinária e entretenimento. Suas largas avenidas, ruas arborizadas, o seu ambiente é identidade cultural, com sua magnífica arquitetura. Não é possível descobrir em um dia, pois existem muitos lugares com características distintivos e individuais; Lugares turísticos na Argentina – CATARATAS DE IGUAZÚ:  Esta localizada em Misiones, uma das mais belas províncias da Argentina. Este local oferece uma combinação de natureza, história e cultura que tornam uma obrigação para cada proposta turística; Lugares turísticos na Argentina – SAN CARLOS DE BARILOCHE:             É uma das cidades mais bela e cênica na província de Rio Negro, e um dos resorts mais importante da Argentina. Província de Rio Negro tem uma fisionomia impressionante, com lagos, rios, montanhas, florestas, sem dúvida muito atraente e com opções variadas, a cidade atrai uma média anual de 650 mil turistas que procuram diversão, satisfação e entretenimento, não importa o que época do ano; Lugares turísticos na Argentina – QUEBRADA DE HUMAHUACA:                            É mundialmente conhecida por sua paisagem colorida e suas encantadoras pequenas cidades com igrejas do passado colonial e inca. Atravessando o canal do Rio Grande, a estrada é bem íngreme. A região de paisagens de diferentes cores formam as montanhas da Quebrada de Humahuaca. Sutilezas cromáticas não só atrai a atenção, mas também as texturas criadas por movimentos geológicos e erosão do tempo; Lugares turísticos na Argentina – CÓRDOBA:  Oferece turismo histórico e paisagens deslumbrantes, cheia de surpresas para os visitantes. A forma direta de acesso à cidade por via aérea, assim como o...

Read More
Tamancos De Madeira Holandes
maio07

Tamancos De Madeira Holandes

Os tamancos de madeira holandes são conhecidos desde 1487, com a função de proteger os pés contra o barro, sujeira, poeira e da umidade. A principal madeira utilizada na confecção dos tamancos é o Populus, porque é mole, leve e durável. Os tamancos de madeira tem seu lado saudável, sua sola dura proporciona força nos pés, é térmico, aquecendo no inverno e refrescando os pés no verão. Antigamente a arte de fazer tamancos de forma manual era muito pesada e levava cerca de 2 horas e meia por par. Com o passar dos anos os tamancos de madeira eram criados em modelos diferenciados para atender as diferentes necessidades nas mais diversas profissões, como:  Para agricultura, um modelo de tamanco era o usado para alisar a terra depois do plantio, com sola bem larga;  Os pescadores usavam tamancos com a ponta bem fina, ideais para esticar as redes na hora de repará-las; Para as pessoas que trabalhavam em olarias ou pedreira os tamancos eram feitos com a parte de cima bem grossa, com o intuito de proteger os pés de possíveis acidentes   Os tamancos de madeira atualmente continuam sendo usados pelos moradores da área urbana para trabalhar em jardins, acampamento, pescar e etc. Também é um dos souveniers mais procurados para compra por turistas do mundo todo quando visitam a Holanda....

Read More
Matryoshkas – Bonecas Russas
maio07

Matryoshkas – Bonecas Russas

Matryoshkas são as bonecas de madeira oca de tamanhos decrescentes colocadas uma dentro da outra, o objetivo ao desmontar começando pela maior é encontrar uma outra menor que também contém outra menor, e assim por diante até encontrar a menor de todas que seria o bebê que não abre. O nome “Matryoshka” é proveniente do nome real feminino russo “Matryona”, que era um nome muito popular entre camponeses na Rússia antiga. Dizem também, que o nome “Matryona” possui a raiz latina, “mater”, que significa “Mãe”. Portanto, para muita gente esta boneca simboliza maternidade e fertilidade. O desenho mais tradicional da Matryoshka, leva a imagem da mulher, mas existem outros tipos de desenhos temas como: Coleções de animais, retratos e caricatura de políticos famosos, músicos e estrelas populares de filme russo. O formato típico das matryoshkas ou bonecas russas como são conhecidas, é cilíndrico com topo redondo, onde desenham a cabeça, as bonecas não possuem mãos que são apenas desenhadas no formato da peça. O número de peças no conjunto das bonecas russas podem variar de três a dezenas, mas os conjuntos de cinco ou de sete são os mais comuns. Considera-se que as Matryoshkas ou bonecas russas surgiram no século XIX, o primeiro torneiro que criou a forma foi um homem com sobrenome Zvezdochkin, e quem desenhou o rosto e os trajes foi Sergei Maliutin, pintor de uma oficina de artesanatos no povoado de Abramtsevo, que pertencia a um famoso industrial russo chamado Savva Mamontov. As bonecas russas ficaram conhecidas em 1900, quando a esposa de Savva Mamontov levou as bonecas para serem apresentadas na Exibição Mundial em Paris, o brinquedo ganhou uma medalha de bronze. Logo, muitos outros lugares na Rússia começaram confeccionar  as...

Read More